terça-feira, 19 de março de 2019

CADB:Pr Samuel Câmara lança projeto de impacto missionário em Melgaço/PA, o município mais pobre do Brasil

Pr Samuel Câmara faz anúncio do Projeto Melgaço/PA

O anúncio do “Projeto de Impacto Missionário Melgaço” no Estado do Pará foi feito pelo Pr Samuel Câmara na manhã do dia 19 durante o I encontro de lideranças da CADB  da Região Norte realizado em Macapá, no salão de reuniões do Hotel Atalanta. O encontro reuniu as seguintes lideranças: Pr Oton Miranda de Alencar que preside a Assembleia de Deus A Pioneira no Amapá, Pr Dimas Leite Rabelo, presidente da Assembleia de Deus Zona Norte de Macapá,  Pr Jonatas Câmara presidente da AD Amazonas, Pr Luiz Gonzaga, presidente da AD no Acre, Pr Eurípedes Bezerra, Presidente da CIMADB no Pará, Pr Samuel Câmara, Presidente da AD em Belém do Pará e o Pr Besaliel Rodrigues (Presidente da UFIADAP no AP).
O município de Melgaço/PA possui o pior IDH do Brasil

Melgaço, segundo dados recentes divulgado pelo IBGE, é o município com pior IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) entre os mais de 5200 municípios avaliados no país.  50% da população de Melgaço é analfabeta. Ou seja, do total de cerca de 24 mil habitantes do município, 12 mil não são alfabetizados. Além da educação, a população de Melgaço também sofre com a pobreza, pois de acordo com o Mapa da Pobreza do IBGE publicado em 2018, 48% das pessoas do município são pobres,  grande parte da população tem renda média mensal R$ 71,50, ou seja, pouco mais de R$2,30 por dia. O rendimento da população de Melgaço coloca essas pessoas abaixo da linha da miséria. Não dá para fazer nada com este dinheiro. A cesta básica para um trabalhador no Pará, segundo nossa última pesquisa, foi de R$ 280. O município é muito pobre. 80% da população vive na zona rural, não há indústria.  A cidade não tem empresas desde a decadência da madeira e do palmito na região. As fontes de renda na cidade são a prefeitura financeiramente quebrada, aposentadorias e programas sociais.
Pr Gesiel Oliveira (Direitor do Projeto Melgaço), Pr Samuel Câmara, Pr Iaci Pelaes e Pr Job Ferreira, essa é a equipe responsável pelo Projeto Melgaço, que vai fazer uma levantamento de dados no município para traçar o plano de ações da CADB. 

A ideia do presidente é criar uma força tarefa de várias igrejas da CADB e promover ações sociais, missionárias, evangelísticas e até mesmo de empreendedorismo que não só permitam a ajuda imediata às famílias carentes, como também permitam o acesso à ideias, projetos e iniciativas empreendedoras, com apoio de instituições públicas e privadas, que auxiliem pessoas a sair da miséria absoluta.

Pr Samuel Câmara fala sobre o Projeto Melgaço no I Encontro de Lideranças da CADB da Região Norte, no Hotel Atalanta em Macapá


Por unanimidade foi escolhido no encontro o diretor do “Projeto Melgaço” o Pr Gesiel Oliveira, 41 anos, vice presidente da Assembleia de Deus Zona Norte de Macapá, que formará sua equipe para ir ao município e fazer um levantamento detalhado da situação para elaborar um plano de ação da CADB nesta região. 

O relatório completo e a data do primeiro impacto evangelístico em Melgaço serão anunciados na 2ª AGC da CADB em Santo Amaro em São Paulo no dia 22 e 23 de junho.

A expectativa inicial é criar uma base de apoio missionária permanente, que permita o intercâmbio entre a CADB e o município. Bem como  utilizar as igrejas como base de alfabetização e reforço escolar durante o contraturno para as crianças, visto que o município também é o que possui a maior taxa de analfabetismo do Brasil.

“Esse é um projeto inovador e de visão missionária e social de efeitos não só para o agora, mas para o amanhã, para esse povo tão sofrido” disse o Pr Gesiel Oliveira. A visita ao Município está agendada para acontecer no início de abril e além do diretor do projeto  contará também com a presença do Pastor e Promotor de Justiça Iaci Pelaes (Vice presidente da Assembleia de Deus A Pioneira) e o Pr Job Ferreira (Secretário de Missões da Assembleia de Deus em Macapá).

Gesiel Oliveira
Comunicação e Mídias da CADB

Nenhum comentário :

Postar um comentário