segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

Caso Eliel


Aconteceu neste domingo uma homenagem pelos 34 anos de vida do Dr. Eliel Amoras Rabelo, na sede da Assembleia de Deus Zona Norte de Macapá, situada na Av. Antonio Carlos Reis,n°3202-Jardim Felicidade I. O templo esteva super lotado e a programação ouviu familiares, amigos e cantores que prestaram seus ultimas homenagens à este jovem autruísta. Eliel Rabelo, era advogado atuante desde 2003, assessor juridico da ADZN/Macapá há cerca de 9 anos, líder de jovens da UJADEZON (União de Jovens Estadual da Assembleia de Deus Zona Norte), lider de projetos sociais voltado aos atendimento de pessoas carentes, alem de outras tantas obras filantrópicas que realizou durante tida sua vida. Um vídeo, muito emcionante, de 10 minutos resumiu sua vida do jovem advogado e pastor, voltada à trabalhos sociais e religiosos. O grupo de jovens local fez uma linda homenagem cantando um hino que falava sobre a "dor da partida".Muita dor, emoção e revolta marcaram os discursos que se sucederam pedindo justiça ao caso. A Assembleia de Deus Zona Norte é a segunda maior igreja evangélica do Amapá, com cerca de 82 congregações em todo Estado e mais de 150 pastores, 400 obreiros e cerca de 10 mil membros.

O caso

Eliel foi encontrado dentro de seu próprio veículo, que foi queimado no ramal do Alemão no distrito de Fazendinha, no ultimo dia 14.02 por volta das 3 horas da madrugada. Uma testemunha,que está sendo mantida sob forte sigilo, informou que viu o carro do advogado seguido por uma moto, guiada por um homem entrar no ramal, e em seguida ouviu uma explosão seguida de fortes labaredas. Disse que viu quando os dois saíram numa moto, de marca e cor ignoradas, em alta velocidade e que que chamou a atenção pelo forte barulho da descarga. Ele imediatamente acionou o serviço 190. Os motivos ainda são um grande mistério para a policia, que investiga várias hipóteses.Pelo que tudo indica quando o carro adentrou no ramal, o advogado já estava morto no banco detras do veículo. Foi utilizado muito combustivel para queimar as evidencias. O veículo ficou irreconhecivel. Esse, sem dúvida nenhuma, será um dos casos mais complexos da policia civil amapaense. Mais de 10 pessoas já foram ouvidas. Um pedido de quebra de sigilo fuscal, bancário e telefônico foi feito pela delegacia especializada. As investigações correm na pasta da DECIPE (delegacia de crimes contra a pessoa) onde a titular é a delegada Maria Valcilene. Quase uma semana depois, nenhum suspeito foi preso, e com poucas evidencias, a investigação vai se tornando um grande enígma.

O funeral

Foi realizado no dia 16.02, após a confirmação do resultado do exame de DNA que foi divulgado no dia 15. A catedral da Assembleia de Deus Zona Norte contou com mais de 3.500 pessoas, num evento nunca visto em Macapá. Pessoas acompanharam o cortejo, que saiu da igreja em direção ao cemitério São Francisco de Assis na BR 156, criando uma fila de carros com mais de 5km. Alguns acompanhavam de moto ou até mesmo de bicicleta o cortejo que partiu 16:30h. O pai da vítima e Pastor Presidente da Assembleia de Deus Zona Norte, Dimas Leite Rabelo, agradeceu o apoio de todos os membros, parentes e amigos, pois segundo ele "a dor é amenizada quando compartilhada". Em um discurso que mesclava revolta, compaixão e nostalgia ele comoveu o público presente.

Estiveram presentes várias autoridades como o secretário de segurança publica do Estado, Dr. Marcos Roberto, o renomado advogado criminalista Mauricio Pereira (com quem a vítima trabalhava há cerca de 9 anos), o Presidente da Assembleia Legislativa do Amapá, Dep Moises Souza, além de mebros de MP e Judiciário, camara de vereadores e outros.


Gesiel de Souza Oliveira
Vice-presidente da Assembleia de Deus Zona Norte
Assessor Juridico da Igreja e cunhado da vítima há mais de 17 anos.


Um comentário :

  1. A dor da saudade fica, mas daqui a pouco nçao sentiremos mais, pois iremos nos encontrar na Glória junto com o Papai. Sempre te amarei bb.

    ResponderExcluir