sábado, 30 de dezembro de 2017

Há tempo para todo propósito debaixo do céu


O livro de Eclesiastes no seu capítulo três inicia com princípios que determinam três aspectos da vontade de Deus em nossas vidas: “Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu”. Essa passagem estabelece que tudo acontece: 1) no tempo de Deus em nossas vidas, 2) Há tempo para todo propósito e 3) que o que esperamos com paciência vai acontecer debaixo desse nosso céu e não no porvir. Veja só, ao longo dessas últimas três décadas, quem de nós em algum momento não disse: “por que o Pr Samuel Câmara não sai desse meio, depois de tanto sofrer, e inicia logo uma nova convenção? Eu mesmo, escrevi uma matéria em meu blog no dia 31/05/2013, com o seguinte título: “Fortes indícios do surgimento de uma mega-convenção da Assembleia de Deus no Brasil”. Se você ler a matéria, vai entender que o desejo da base de apoio do Pr SC já, há muitos anos, desejava isso, a criação da CADB. Mas o Pr SC sempre tinha esperança na renovação, ano após ano, ele aguardava a mudança que nunca chegava, e permanecia ligado àquela convenção, mesmo em contragosto com a esmagadora base que o apoiava. 


Foram anos e anos, muitas eleições levadas sob o manto da obscuridade, falta de lisura e inúmeras ações judiciais. Uma delas, originada da 41ª AGO da CGADB em abril de 2013 em Brasília, onde a eleição terminou com a suspeita de fraude. O caso foi parar na justiça do Amazonas, onde a justiça determinou a apresentação do espelho de depósitos bancários que comprovaria a quantidade exata de inscritos. A CGADB não apresentou, e nuca apresentou, negou-se deliberadamente a cumprir a ordem da justiça e foi multada, dia após dia, chegando a um montante de mais de R$ 10 milhões por descumprimento de ordem judicial, ao final do ano 2016. Quando a justiça estava prestes a bloquear as contas da CGADB e de seu presidente, a mesa diretora fez um acordo com o Pr SC que nunca foi cumprido, onde o processo contra a CGADB seria arquivado em troca de eleições limpas, retirada dos processos disciplinares nas comissões contra o Pr SC, e a possibilidade do mesmo se candidatar nas próximas eleições de abril de 2017, com eleições eletrônicas por empresa contratada pela CGADB e fiscalizada por ambas as partes. 

Não precisa dizer que se tratou de mais um embuste e má-fe, o Pr SC cumpriu a parte dele e pediu arquivamento do processo contra a CGADB, mas de outro lado todos foram testemunhas do que aconteceu, nenhuma linha do acordo foi cumprida. Em seguida veio a contratação da empresa Scytl pela CGADB para realizar as eleições de 2017. Tudo parte de uma grande farsa. A eleições foram marcadas por sucessivos problemas e arbitrariedades, que vão desde inscrições de mortos e pastores a revelia até descumprimento de várias liminares judiciais de diversos Estados do Brasil. Foi a eleição mais conturbada da história, cerca de 19 ações ingressadas em vários Estados. Ao longo da eleição, onde as informações corriam todo o Brasil na velocidade das redes sociais, estabeleceu-se uma espécie de Maniqueísmo, aquela filosofia religiosa sincrética e dualística fundada e propagada por Maniqueu, filósofo persa e cristão no século III, que divide o mundo simplesmente entre “Bom” (ou proveniente de Deus) e “Mau” (provindo do Diabo). Quem está sob a égide da atual gestão “está na luz”, debaixo dos altivos olhares de santidade, e os demais candidatos representam as trevas, a quebra dos “bons costumes” e o que não representa a vontade divina. Os acordos feitos entre o “alto clero” e os presidentes de convenções regionais em troca de votos, quando muito, servem para beneficiar filhos e parentes destes, mas nunca alcançam a expansiva base da pirâmide, esses acordos feitos em gabinetes refrigerados das presidências nunca beneficiarão aquele pastorzinho que passa quatro anos esquecido nos “cafundós dos rincões” esquecidos dessa grande nação evangelizando à luz de lamparina, e que só é procurado de tempos em tempos com uma ordem de comando, como que num “curral eleitoral”, para ter seu voto direcionado ao que estabelece seu presidente. 

Este pastor que vos escreve esteve em Brasília no dia das eleições. Quando a Eleição era dada por encerrada com 23.019 votos, equivalendo a 74,78% dos inscritos, no dia 09 de abril de 2017, às 23:30h em frente ao prédio da Scytl em Brasilia, no Edifício Business Center Brasília Varig, eu vi algo que me chamou a atenção e preciso compartilhar com vocês. Ao chegar ali encontrei o Pr Samuel Câmara orando chorando de joelho, com as mãos erguidas, e com toda a sua família e alguns poucos pastores, entre eles o Pr Ivan Bastos, o ancião Pr Josué Cipriano (da AD de Florianópolis), Pr Felipe Câmara com sua esposa e filhinhos, Prª Rebecka Câmara, dentre outros poucos que ali permaneceram. Encontrei ali um quadro de tristeza, desolação, mas ao mesmo tempo muita fé. Pode até parecer contraditório, mas foi o que senti naquele dia, uma mistura de sentimentos. Me lembro de ver a Prª Rebecka andando pra lá e pra cá com as mãos erguidas em direção àquele prédio, com lágrimas nos olhos e cantando: “Se Deus quiser, Ele Deus, se não quiser, Ele é Deus. Se a porta abrir, Ele é Deus, mas se fechar, continua sendo Deus...”. Foi uma cena que nunca vou esquecer! A empresa Scytl os impediu de acompanhar a apuração das eleições em que o Pr SC era candidato. Além disso, ainda mudou, sem autorização nenhuma, o local de apuração e depois se descobriu que a apuração foi feita em um Hotel perto dali, às portas fechadas com representantes somente de uma das chapas. E não restou mais nada a não ser orar. Enfim, Deus tem o controle de tudo! Eu sabia que tudo aquilo era Deus escrevendo por linhas tortas, e que naquele momento ainda não entendíamos o seu desígnio para um novo tempo e o que Ele estava prestes a fazer na vida daqueles que confiam em suas promessas.

No mesmo ano em que eu vi as lágrimas correrem pelo rosto do Pr SC em frente àquele prédio da Scytl, eu vi brotar outras lágrimas do seu rosto, no dia 02 de dezembro deste mesmo ano. Agora lágrimas de alegria, júbilo. Lágrimas de felicidade, liberdade, esperança e fé. Chegamos ao final de 2018 com a fé reforçada. Com novas perspectivas, novos desafios e com a certeza que esse novo ano será marcado por um grande mover do Espírito Santo em âmbito nacional. Por isso, finalizo meu texto entendendo bem melhor o sentido de Ec 3: “Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu”. Nada melhor que um dia após o outro. De um feio casulo pode sair uma bela borboleta, de nuvens escuras podem sair águas límpidas, de uma frustração pode sair uma edificante lição, de uma lágrima pode sair um sorriso, de um livro de capa desgastada e feia pode sair uma belíssima história, de uma noite escura pode raiar um novo dia. Por mais escura que a noite seja, ela nunca impedirá o raiar de um novo dia. Que 2018 seja de muitas bênçãos para todos que estão transbordantes de esperança.

terça-feira, 26 de dezembro de 2017

Entenda os detalhes que levaram ao surgimento da CADB, que tem tudo para se tornar a maior convenção do Brasil


A era do pastor José Wellington (Pai), na presidência da CGADB, teve duração ininterrupta de quase três décadas. 

Entenda porque a Assembleia de Deus como você conhece não existirá em 2018
Bispo Manoel Ferreira, Pastor Samuel Câmara e Pastor Wellington Bezerra

Em 2018, a igreja que inspirou a imensa maioria de outras denominações, estará voltando às suas origens. Pelo menos essa é propaganda que tem feito o pastor Samuel Câmara, presidente da CADB (Convenção da Assembleia de Deus no Brasil).

Pra entender o que irá mudar, você precisa antes conhecer um pouco dessa história e da relação do Pastor Samuel Câmara com a Assembleia de Deus.

Conhecendo a história
Samuel Câmara é o pastor presidente da Assembleia de Deus em Belém do Pará, considerada a “igreja mãe”. A AD de Belém, foi a primeira igreja fundada pelos desbravadores missionários suecos Daniel Berg e Gunnar Vingren, quando chegaram ao Brasil em 1910.

Foi de lá que surgiu a igreja que logo se espalharia pelo norte, nordeste e chegaria ao sudeste através do Rio de Janeiro, então capital da República, em 1922.

A igreja acabou se tornando um grande referencial de homens e mulheres comprometidos com a verdade. Homens piedosos e honestos e mulheres sem vaidades. Esses fatos logo se tornariam a grande característica dos “assembleianos”, (Nome dado aos membros da Assembleia de Deus).

Tudo cresceu ainda mais, quando em meados da década de 1920, o filho de um general do exército se converteu. Ele se chamava Paulo Leivas Macalão, e nos anos seguintes, se tornaria uma das principais autoridades da Assembleia de Deus em todo o país.

Músico, Macalão passou a traduzir canções italianas e nordicas, trazidas pelos missionários Daniel e Gunnar, que mais tarde passaram a compor a popular e quase obrigatória “harpa cristã”. Para se ter uma ideia da influência dele nessa área, a harpa cristã tem 640 hinos, desses, Paulo Leivas Macalão compôs 469.

Em 1930, surgia a CGADB (Convenção Geral das Assembleia de Deus no Brasil), embora ela só tenha sido registrada oficialmente em 1946, no Rio de Janeiro. A essa altura, Paulo Leivas Macalão se estabelecia na cidade do Rio de Janeiro e em todo o estado, com o impeto de abrir congregações.

+ Mais um pastor da Assembleia de Deus morre de forma trágica

Depois da Morte de Paulo Leivas em 1982, O hoje bispo Manoel Ferreira, que já tinha uma grande influência na Assembleia de Deus, continuou na liderança da igreja no Rio de Janeiro, e a história conta que ele não seguia as regras estabelecidas pela CGADB.

Isso incomodou tanto a convenção na época, que em 1989 foi convocada uma AGE (Assembleia Geral Extraordinária), na cidade de Salvador na Bahia. A diretoria deliberou pelo afastamento do então pastor Manoel Ferreira e os pastores que ele liderava, até que eles aceitassem obedecer as regras da CGADB.

Eles simplesmente ignoraram a CGADB e se viram livres para fundar a sua própria convenção. Nascia em 1989 a Convenção Nacional das Assembleias de Deus no Brasil — Ministério de Madureira (CONAMAD). Essa foi a primeira grande divisão da Assembleia de Deus em toda a sua existência.

A partir dai, outros pastores de menor relevância foram se desligando, mas nada tão significativo para a convenção.

A era José Wellington
Em 1990, o pastor José Welington Bezerra, à época com 56 anos, era eleito pela primeira vez a presidência da CGADB. Ele foi reeleito em 1995, 1997, 1999, 2001, 2003, 2005, 2007, 2009, 2011, 2013 e 2015. Sendo substituído pelo seu filho, José Wellington Costa Junior (64). Por tanto, a era do pastor José Wellington (Pai), na presidência da CGADB, teve duração ininterrupta de 25 anos.

Para se ter uma ideia, a ditadura militar durou 21 anos, quatro anos a menos que o tempo que o pastor José Wellington esteve a frente da convenção.

Silas Malafaia se desliga da CGADB
Em 2010 o pastor Silas Malafaia anunciou durante o seu programa na Band, a sua renuncia ao cargo de primeiro vice-presidente da CGADB, e fez diversas insinuações sobre sua saída, deixando sub-entendido que tudo seria motivado devido a problemas internos com a presidência.

A rigidez e mão de ferro com que Wellington conduziu a igreja, fez com que diversos nomes importantes, acabassem seguindo voluntariamente o exemplo de Malafaia.

CONAMAD cresce
Enquanto a briga pelo poder se mantinha como principal foco da liderança da CGADB, a CONAMAD crescia ainda mais. Nesse período, O pastor Samuel Ferreira, um dos filhos do bispo Manoel Ferreira, ganhou ainda mais espaço e liberdade para atuar como bem entendesse. Criou uma igreja moderna e sem nenhum problema com maquiagens e joias. Isso fez tanta diferença, que a própria CGADB passou a se tornar maleável com relação a usos e costumes.

O bispo Manoel Ferreira foi consagrado a Bispo Primaz vitalicio e seu filho Samuel, foi consagrado a bispo recentemente.

Em 2003 uma pesquisa apontou que a CGADB tinha 3,5 milhões de membros, enquanto a CONAMAD já contava com mais de 2 milhões.

CGADB e CONAMAD nunca mais se uniram, mas também, não se atacaram. Aprenderam a conviver respeitando cada um o limite da outra. Escolheram compartilhar o poder ao invés de tentar se digladiar na divisão dele.

Briga judicial
Durante os 25 anos em que o pastor José Wellington esteve no poder da CGADB, várias eleições ocorreram e muitas delas inclusive, foram denunciadas por suspeita de fraude.

Entre essas eleições, o pastor Samuel Câmara tentou vencer a disputa e acabou derrotado nas urnas por Welingtom. Começava ai, uma novela quase interminável. Câmara foi expulso da convenção, reuniu pastores aliados e acabou fazendo manifestações exigindo sua reintegração, depois ele entrou na justiça  e acabou conseguindo ser reintegrado a CGADB. Mais tarde, através de uma liminar, a justiça decidiu em favor da CGADB e Samuel Câmara perdeu novamente.

Depois ele se candidataria novamente e enfrentaria José Wellington de novo, e mais uma vez perderia as eleições.

Como diria o sábio, “O peixe apodrece pela cabeça”, e enquanto a CGADB mantinha as atenções focadas em brigas internas pelo poder, as milhares de igrejas espalhadas pelo país sofria com a mão de ferro de José Wellington. Os acordos que acabavam beneficiando pastores que cometiam adultério ou cometiam um grave erro administrativo, e punia os pastores que não concordava com a liderança da CGADB.

Ao perceber que não iria participar do time da CGADB e finalmente poder jogar esse jogo, Samuel Câmara decidiu montar seu próprio time. E a partir dai, surgiu a CADB (Convenção da Assembleia de Deus no Brasil).

A CADB
O surgimento da CADB caiu como uma bomba no colo do filho do pastor José Wellington, o José Welington Junior. Isso porque, ele já estava preparado para continuar o legado do pai por pelo menos mais 20 anos.

Acontece que Samuel Câmara encontrou não apenas um terreno fértil, mas a plantação pronta para a colheita. Com menos de 30 dias de inaugurada, a CADB já possui mais de 10 mil pastores filiados. De onde você acha que vem esses pastores? Claro, da CGADB.

A todo instante grandes presidentes estaduais anunciam seu desligamento da CGADB e anunciam que estarão se convencionado a CADB.

Qual a grande diferença?
A grande proposta da CADB, é levar a Assembleia de Deus de volta  as suas origens. Isso não quer dizer que as igrejas terão que voltar a proibir e disciplinar os membros que usarem maquiagem e coisas assim. A proposta é voltar a proposta inicial de levar a palavra, investir em missões, ajudar os pastores necessitados e não prende-los em um jugo insustentável.

Isso fica literal, quando voltamos ao início desse artigo e lembramos que Samuel Câmara é pastor da Assembleia de Deus mãe, aquela fundada pelos próprios Daniel Berg e Gunnar Vingren em Belém do Pará, há pouco mais de 100 anos.

A grande diferença que está bem evidente, é que a CADB passa a ordenar mulheres em todas as funções. Sim, essa é uma coisa que você achou que nunca veria na Assembleia de Deus, certo?

CGADB em desespero
Não é exagero dizer que a diretoria da CGADB está desesperada. Se você acessar o site oficial da convenção, verá que tem uma mensagem bem clara e explicita aos pastores convencionados.

Você não leu errado esse comunicado, eles de fato estão dificultando a forma dos pastores se desligarem da convenção. Pedem que comunique individualmente por escrito, como forma de intimidar o pastor a sair.

A Assembleia de Deus em 2018 não será a mesma
Essa simples mudança nas regras, que possibilita a ordenação de mulheres ao ministério, irá mudar de uma vez por todas a igreja Assembleia de Deus. Na corrida pelo poder, e no interesse de oferecer ainda mais vantagens, é quase certo que, tanto a CGADB como a CONAMAD, irão seguir a CADB e também passarão a ordenar mulheres. Dai em diante, cada uma das convenções passarão a oferecer mais atrativos que possam atrair mais convencionados, duvída disso?

Se você é membro da Assembleia de Deus ligada a CGADB, fique atento (a), porque é bem possível que seu pastor esteja estudando a possibilidade de migrar para a CADB nesse momento.

Em São Paulo por exemplo, A CADB já recebeu o apoio da ADSA Brasil, um ministério com centenas de igrejas, e que marca a entrada da convenção em um importante estado.

Thalita Guedes Fontes

Seja autêntico!


Seja você mesmo! Não viva para tentar ser aquilo que você não é. Não viva para agradar quem nunca vai te respeitar. Seja autêntico! Mesmo que pra isso muitas vezes você pareça antipático. É melhor a amargura de um instante que a constante "doçura" da falsidade. Não dá pra fazer uma gemada sem quebrar a casca do ovo. Mudar exige atitudes. Agradar aos outro desagradando nossa consciência nos prejudica paulatinamente. Vai nos adoecendo devagar. Tentar agradar a todos é politicamente correto e bonito aos olhos, mas é destrutivo para nossa vida, porque isso deixa marcas e mexe com nossa autoestima quando nos deparamos com decepções que poderíamos evitar, por já sabermos o fim certo. Há pessoas que mesmo você agindo de um jeito ou de outro elas sempre vão te criticar. Há pessoas que mesmo que você tente curtir uma amizade perto delas, é bem melhor para o brilho de sua vida que elas estejam distantes. Dê uma valorizada na cara, a proximidade constante de quem não gosta de nós desvaloriza nossa essência, nos deprime e aos pouco nos mata. Melhor coisa mesmo é viver desprendido dessa preocupação com o que os outros vão achar. Eles sempre nos criticarão de qualquer jeito. Seja autêntico! São essas coisinhas engraçadas vividas de forma autêntica e ao lado de quem amamos é que permanecem. Desejo que esse novo ano traga mudanças boas para sua vida, nem que para isso precise tomar algumas decisões desagradáveis. Gesiel Oliveira

sábado, 23 de dezembro de 2017

Pr Dimas Leite Rabelo, Presidente da Assembleia de Deus Zona Norte no Amapá anuncia filiação em massa na CADB.

Pr Dimas Rabelo-Presid. COMADEZON 

No Amapá os três maiores ministérios da Assembleia de Deus na Capital estão apoiando o projeto de implantação da CADB desde o início. Na verdade o projeto de criação da CADB surgiu em uma reunião entre essas 3 grandes lideranças e o Pr Samuel Câmara durante as festividades do centenário da Assembleia de Deus no Amapá. Entre esses grandes ministério amapaenses, merece atenção na nossa matéria de hoje, a Assembleia de Deus Zona Norte, que foi fundada pelo Pr Dimas Rabelo em 06.06.1985. Com o crescimento da igreja e expansão de suas congregações para os municípios do Estado do Amapá, foi criada em novembro de 2009 a COMADEZON - Convenção da Assembleia de Deus Zona Norte. Hoje esta convenção conta com 171 templos (90% próprios) espalhados no Amapá, Pará e na Europa. Além disso, possui mais de mil obreiros, entre auxiliares, diáconos, diaconisas, presbíteros, missionários, missionárias, evangelistas e pastores, contando hoje com mais de 25 mil membros. Com a implantação da CADB, em 02.12.2017, a convenção da AD Zona Norte passou a se chamar de Convenção Internacional da Assembleia de Deus Zona Norte, em razão dos trabalhos implantados na Europa, com a sede situada na Cidade Francesa de Toulouse, e pastoreada lá pelo Pr André Martins e sua esposa, Prª Chris Martins. O Pr Dimas Leite Rabelo, tem 73 anos, é o 8º mais antigo em atividade no Amapá. Já pastoreou diversos outros campos antes de assumir definitivamente em Macapá no ano de 1985. Os vice presidentes da igreja e da convenção são os pastores: Gesiel de Souza Oliveira e o Elienai Rabelo que atuam fortemente visitando constantemente as igrejas já estabelecidas, e dando apoio aos inúmeros trabalhos missionários em fase de implantação e expansão. A igreja está construindo o maior templo do Estado do Amapá, a Catedral da AD Zona Norte, localizada em Macapá na Av Sebastião Queiroz de Alcântara, 3072 - Jardim Felicidade I, com capacidade para 5 mil pessoas, quando está lotado. A igreja desenvolve um forte trabalho de missões em áreas ribeirinhas e localidades isoladas. O Pr Dimas Rabelo anunciou apoio irrestrito ao projeto e assinou ficha de filiação a CADB juntamente com seus obreiros. Dia 04.12.2017 os três líderes da Assembleia de Deus em Macapá se uniram para lançar a sede administrativa da CADB no Amapá em solenidade que reuniu muitos pastores dos três ministérios. Para conhecer mais sobre a Assembleia de Deus Zona e a COMADEZON, acesse adzonanorte.blogspot.com.br e conheça os projetos sociais, missionários e evangelísticos dessa grande obra. 






Pr Ezer, Pr Oton, Pr Dimas, unidos em torno da CADB 

Pr Dimas Rabelo e Pr Gesiel Oliveira(vice) 

COMADEZON reunida na 9ªAGO para decidirem sobre o desligamento da CGADB e vinculação a nova CADB. Dia 11.11.2017

Pr Dimas Rabelo assinando ficha de filiação a CADB no dia 11.11.2017

Lançamento da sede da CADB no Amapá. Dia 04.12.2017

sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

CADB é lançada em solenidade na Assembleia de Deus em Santo Amaro




Hoje aconteceu o lançamento da CADB na igreja Assembleia de Deus em Santo Amaro. O culto foi transmitido ao vivo mostrando toda a solenidade inaugural da Convenção da Assembleia de Deus em São Paulo. A igreja é presidida pelo Pr Galdino Junior.

Veja todas as fotos do evento clicando aqui
https://www.flickr.com/gp/adsabrasil/9Y3558

Assista a todo o evento clicando no link: https://youtu.be/N2UIcMsmh_w

Fotos do evento:





Apóstolo Jessé Maurício, presidente da histórica Igreja de São Cristóvão fundada por Gunnar Vingren, anuncia filiação na CADB.


E a CADB não para de crescer. Hoje pela manhã outra renomada liderança nacional  também anunciou sua chegada a CADB. Trata-se do Apóstolo Jessé Maurício, presidente da histórica Igreja de São Cristóvão. Um ministério que foi fundado pelo Missionário Sueco Gunnar Vingren em 1924, sendo portanto um dos campos mais antigos do Brasil. A igreja de São Cristóvão tem dezenas de congregações e centenas e pastores que agora vão somar com os milhares que compõem a nova convenção nacional. O Pr Jessé Maurício é filho do saudoso Pr. Tulio Barros. Ontem a antiga sede da Assembleia de Deus de São Cristovão foi reinaugurada, agora como nova sede da CADB para atender ministros do Rio de Janeiro, Sudeste e restante do Brasil. Além de ser um local emblemático para a denominação, onde  funcionará: 1) Extensão do Museu Histórico Nacional da Assembleia de Deus. 2) Centro de Convenções da Assembleia de Deus. 3) Centro de Formação e Treinamento Pastoral Atendimento – Convenção da Assembleia de Deus do Brasil. Os principais missionários suecos no Brasil como Gunnar Vingren, Samuel Nyström, Nils Kastberg, Otto Nelson, e Nels Nelson dirigiram essa igreja. Pastores pioneiros como Francisco Pereira do Nascimento, Alcebiades Pereira Vasconcelos, José Pimentel de Carvalho, Emílio Conde, e O grande Pastor e Servo Tulio Barros Ferreira contribuíram para o crescimento desse ministério. O Mensageiro da Paz e a CPAD iniciaram seus trabalhos e impressões nas dependências de São Cristóvão. O primeiro Curso de Aperfeiçoamento de Professores da Escola Dominical (CAPED) foi realizado nessa igreja. Enfim, essa igreja como nenhuma outra contribuiu para modelar e expandir o pentecostalismo no país. As Assembleias de Deus no Brasil tem uma dívida histórica para com São Cristóvão, que agora retoma sua posição como vanguarda de um grande mover nas Assembleia de Deus no Brasil.




Quem é o Apóstolo Jessé Maurício?

Ele conferencista internacional, é casado com a Bispa Luciana Ferreira. É Presidente da Assembleia de Deus Missão Apostólica da Fé, Ministério de São Cristóvão, RIo de Janeiro - RJ, fundada em 1924 por Gunnar Vingren. Apóstolo Jessé é o sucessor do Pr. Túlio Barros Ferreira, o qual foi 5 vezes Presidente da CGADB. Mestre e Doutor em Teologia pela Cristhian Bíblia College, EUA. Administrador, Jornalista e Licenciado em Letras pela Universidade Estacio de Sá no Rio de Janeiro. Pregador do Evangelho há cerca de 30 anos, tendo conduzido diversos programas de TV, cruzadas de Evangelismo e Avivamento  no Brasil e no Exterior. Ele acredita firmemente que o resgate da CADB será um marco na história do Movimento Pentecostal no Brasil e o início de uma grande arrancada para a Unidade da Assembleia de Deus e para a Evangelização que produzirá forte impacto na nação.



O renomado Pr Geremias do Couto anuncia sua saída da CGADB e adesão à CADB


O renomado escritor, conferencista internacional, teólogo, Blogueiro e Pastor Geremias do Couto acabou de anunciar em seu perfil em um rede social, sua saída definitiva da CGADB e adesão à nova CADB. Ele informou que preencheu a ficha de filiação a CADB ontem em São Cristóvão. Veja o que ele escreveu:



Quem é Geremias do Couto?
É Pastor, escritor, jornalista, conferencista, casado com a profa. Debora Couto, pai de três filhos - Giselle, André e Marcelle - sogro de Rodrigo Miguel e Jeanyne Couto, avô de três netos - Ana Clara, Ana Beatriz e Thomaz - ex-aluno do Instituto Bíblico das Assembleias de Deus em Pindamonhangaba, SP, foi evangelista associado à Cruzada Boas Novas, presidida pelo rev. Bernhard Johnson, segundo vice-presidente da UMADER – União de Mocidade das Assembleias de Deus do Estado do Rio, fez parte da equipe de redatores dos periódicos da CPAD e de seu Departamento de Escola Dominical, foi missionário entre o povo de língua portuguesa, nos Estados Unidos da América, onde ajudou a plantar novas igrejas e dirigiu o Instituto Bíblico Canaã, a primeira instituição do gênero em língua portuguesa no país do norte. De volta ao Brasil, assumiu a chefia do Setor de Jornalismo da editora assembleiana, onde exerceu, posteriormente, o cargo de Diretor de Publicações. Foi professor do Instituto Bíblico Pentecostal, professor da EPOE, segundo vice-presidente da Assembleia de Deus em Cordovil, RJ, presidente da Associação Teológica Serrana e fundou a Assembleia de Deus – Centro Missionário Cristão, em Teresópolis, RJ, da qual é presidente de honra. É autor do livro A Transparência da Vida Cristã, um estudo teológico-devocional sobre o Sermão do Monte, escreveu o capítulo sobre Eclesiologia daTeologia Sistemática Pentecostal, publicada pela CPAD, comentarista da revista Lições Bíblicaspara a Escola Dominical, publicada pela CPAD, presidente da organização Geremias Couto Ministry, Inc, membro da Casa de Letras Emílio Conde, editor pela CPAD da Bíblia de Estudo Pentecostal, verbete do Dicionário do Movimento Pentecostal e Coordenador Nacional do projeto Minha Esperança, realizado no Brasil pela Associação Evangelística Billy Graham em parceria com as igrejas evangélicas, além de continuar mantendo vínculos de parceria com oMy Hope Project, da mesma organização.

Pr Sérgio Nascimento pede desligamento da CGADB e anuncia apoio à nova CADB


São inúmeros os pastores em todo Brasil que estão pedindo desligamento da CGADB. Tenho destacado diariamente no meu blog apenas alguns presidentes de ministérios e convenções conhecidos e com grande histórico de trabalho e dedicação à Assembleia de Deus no Brasil. Hoje quero destacar a desfiliação da CGADB do Pr Sérgio Nascimento da cidade de Serra, Espírito Santo.

Ele é presidente da Igreja Evangélica Assembléia de Deus em Jardim Carapina. Possui um Ministério composto de 02 pastores, 01 evangelista, 06 presbíteros e 06 diáconos, com 03 templos próprios, a sede e duas congregações. Consagrado a pastor na Cadeeso em 29/07/1995 na cidade de São Mateus-ES e transferido para a CEMADES onde atuou como vice-presidente até começar a enterder as "engrenagens" do funcionamento da CGADB, e tomado por grande indignação diante das arbitrariedades dos pleitos eleitorais da CGADB, e da forma como foram conduzidos, vendo as mesmas ações na esfera estadual, resolveu pedir sua saída desta instituição.

Solidário às propostas do pastor Samuel Câmara no que tange ao evangelismo missões, rotatividade na diretoria convencional, à divulgação do evangelho utilizando-se dos recursos disponíveis, ao comprometimento com a obra missionária, à disponibilização de literatura evangelística a preços acessíveis, etc.
Decidiu então filiar-se, com seu ministério, a nova CADB. O grande diferencial desta nova instituição nacional é a possibilidade de se ligar diretamente ao seu quadro como ministro, como ministério ou como convenção, enquanto a CGADB só permite Convenções. Ou seja, a CADB é mais democrática e aberta à inclusão de grandes e pequenos ministérios, não fazendo nenhum tipo de distinção. Fica aqui nosso registro de parabéns ao Pr Sérgio Nascimento pela iniciativa.


quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

Lançamento da sede da CADB no RJ, na histórica Igreja de São Cristóvão.


Aconteceu hoje às 19:00h o lançamento da sede administrativa da CADB no RJ, no bairro de São Cristóvão. A inauguração contou com a presença de pastores da Assembleia de Deus de diversos Estados. O Pr Samuel Câmara fez um resumo do propósito da CADB explicando também sobre o seu estatuto e composição. O Pr Jesse Maurício, presidente da Assembleia de Deus em São Cristóvão, também está em presente. Veja algumas fotos do evento. 


Acompanhe no link a seguir a transmissão ao vivo que foi feita de todo o evento https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=1528123907242486&id=216028398452050

Fotos:







Pr Ivan Bastos e centenas de pastores protocolizam pedidos de desligamento da sede na CGADB no RJ


A Convenção Fraternal de Ministros e Igrejas da Assembleia de Deus no Espírito Santo (CONFRATERES) resolveu se desligar da Convenção Geral das Assembleias de Deus do Brasil (CGADB) e se unir à recém-criada Convenção das Assembleias de Deus no Brasil (CADB). A decisão foi tomada no sábado (16) através de uma assembleia presidida pelo pastor presidente da CONFRATERES, Ivan Bastos, que consultou os ministros sobre permanecer ou se desligar da CGADB.

Hoje pela manhã, por volta das 10:30h, o Pr Ivan Bastos protocolou pessoalmente o pedido de desligamento dele e de centenas de pastores da CONFRATERES. A decisão deve levar 1.000 pastores a saírem da CGADB e se filiarem à nova CADB.

“Foi uma decisão unanime, ninguém queria permanecer na CGADB. Todos, cerca de 600 pastores, todos votaram pela nossa saída”, declarou o pastor. A CONFRATERES é a quarta grande convenção a sair da Convenção Geral em sua totalidade para se filiar à CADB.





Pr Alexandro Costa, Presidente da AD Planalto em Serra/ES, pede desligamento da CGADB para se ligar a CADB



Mais um pastor de grande influência pediu desligamento da CGADB. Trata-se do Pr Alexandro Costa, muito conhecido nas redes sociais por manter um blog e usar multiplataforma de espaço virtual sobre informações do meio gospel. Sua conduta, sempre muito educada e diplomática, são aspectos que se destacam. É um grande pregador da Palavra, além de ser presidente da Assembleia de Deus Ministério Planalto, que fica na cidade de Serra no Estado do Espírito Santo. Insatisfeito com os desmandos dentro da CGADB, passou desde 2016 a compor o conhecido grupo de apoio virtual da campanha Pró-Samuel Câmara, chamado do “GRUPO DOS COMBATENTES” formado por 12 membros, entre escritores, pastores e blogueiros de destaque nacional e forte presença no espaço virtual Evangélico. Ele anunciou em seu perfil de uma rede social sua desligamento escrevendo o seguinte texto:


“A paz do senhor a todos.

É com prazer é satisfação que venho comunicar a todos que já protocolei minha desfiliação e de Mais 9 ministros da CGADB.

Já não me sentia mais prazer em pertencer esta instituição que não olha para os seus.

Que permaneça a amizade e o companheirismo dos colegas e amigos que fizemos nessa associação e sigamos adiante sem mágoa e sem rancor.

Portanto reafirmo não pertenço mais a instituição CGADB.

Aos que ficam desejo sucesso e crescimento espiritual para todos.”

Grato, Pr Alexsandro Costa.


Quem é o Pr Alexandro Costa?

Alexsandro Costa, natural de Vitória-ES, nascido em 26/06/1974, se converteu a Cristo aos 14 anos de idade Foi batizado com Espírito Santo em 22/11/1990 e nas águas em 03/03/1990 na Assembléia de Deus em José de Anchieta - Serra - ES
pastor Alexsandro Costa, serviu como missionário em várias cidades do interior de minas e bahia.
Em 15/11/2003, Alexsandro costa foi separado para o santo ministério pelo Pr.Teer-Clem Coutinho Mesquita, Pastor Presidente da Assembléia de Deus Ministério Ministério Restaurar, Pastor Alexsandro Costa é Bacharel em Teologia, Capelão, e professor de varias Matéria Teológicas.
Em Maio de 2004, Alexsandro Costa foi pastor auxiliar durante 10 anos ao lado do pastor Jorge cordeiro o qual muito contribuiu no seu ministério, ingressando na convenção geral CGADB em 2008 s sob a matrícula 46945, através da COMADESPE.

O pastor Alexsandro Costa foi emancipado como presidente na Assembléia de Deus Ministério Semeando Graça hoje ministério planalto na cidade de serra –ES em planalto serrano bloco –C, no dia 20 de março de 2012, pelo pastor Jorge de Souza Cordeiro, presidente da Assembléia de Deus Ministério central Carapina em serra-ES  filiada a COMADESPE. Atualmente a igreja sede Esta localizadas em Planalto Serrano –Serra - ES, na Avenida Guarani Nº 83.