sábado, 1 de dezembro de 2012

O Terremoto do Japão e o Tsunami da Ásia, moveram a Terra em 4 metros para leste, e seu eixo em 16,5 cm

VOCÊ SABIA...? Por Professor e Geógrafo Gesiel de Souza Oliveira 
Por Gesiel Oliveira, visite meu blog www.papojuridiques.blogspot.com ; Facebook: "Gesiel Oliveira" e no Twitter: @ProfGesiel
Que depois do Terremoto do Japão e do Tsunami da Ásia, a Terra moveu-se na costa do Japão em 4 metros para leste, mudando a Terra em relação a seu eixo em 16,5 cm, alterando o equilíbrio do clima da terra e reduzindo a duração dos dias?

O Estado do Amapá atravessa por um período de longa estiagem e por queimadas, que provocam
uma poluição sem precedentes, que invade sua capital, Macapá, pelas manhãs e tem provocado sérios problemas respiratórios, pulmonares, oculares e epidérmicos. Uma das explicações para essa estiagem prolongada na Amazônia, e especialmente do Estado do Amapá, que tem provocado queimadas na região dos lagos do Amapá e especialmente na Reserva Biológica do Lago Piaratuba, deve-se à um conjunto de fatores que envolvem: aquecimento global, mudança de temperatura das águas do Oceano Atlântico e de suas correntes, queimadas e também os choques de placas tectônicas do Tsunami da Ásia e do Terremoto do Japão.
Para se ter uma ideia, a costa do Japão moveu-se cerca de 4 metros para leste após o terremoto de magnitude 8,9 que atingiu o Japão, afirmaram especialistas. O tremor que sacudiu o Japão teve o impacto de 27 mil bombas atômicas, segundo o observatório sismológico da Universidade de Brasília. Como o terremoto aconteceu dentro do mar, formaram-se os tsunamis.
Dados da rede japanesa Geonet - recolhidos de cerca de 1,2 mil estações de monitoramento por satélite - sugerem que houve um deslocamento em grande escala após o terremoto.

O terremoto provavelmente mudará o equilíbrio do planeta em níveis ainda desconhecidos pelos cientistas, pois cada ecossistema responderá de forma diferenciada aos impactos. O Terremoto moveu a Terra em relação a seu eixo em cerca de 16,5 cm. O tremor também aumentou a velocidade da rotação da Terra, diminuindo a duração dos dias em cerca de 1,8 milionésimos de segundo. A longo prazo isso afetará o nosso calendário.

A agência meteorológica do Japão propôs aumentar a magnitude do terremoto para 9. Isso faria do tremor o quinto maior da história desde que tremores começaram a ser registrados. Outras agências, no entanto, ainda não atenderam ao chamado.

Por Gesiel Oliveira, visite meu blog www.papojuridiques.blogspot.com ; Facebook: "Gesiel Oliveira" e no Twitter: @ProfGesiel

Nenhum comentário :

Postar um comentário