quarta-feira, 9 de abril de 2014

Contra a vontade da Mesa, Ivan Bastos retorna à Tesouraria da CGADB

Em cumprimento à segunda carta precatória expedida pelo juiz de Manaus, o Oficial de Justiça cumpriu ontem (08), na sede da CGADB, a reintegração do pastor Ivan Bastos não só como membro da entidade, mas no cargo de 1° Tesoureiro, para o qual foi eleito na AGO realizada em abril do ano passado. 

A boa notícia é que não foi preciso o uso da força policial. Diferente da outra vez, as chaves da tesouraria foram entregues ao pastor Cláudio Dias, que funcionou como Tesoureiro-Adjunto, mas curiosamente não havia nenhum funcionário no setor, embora tenham deixado para trás os seus pertences pessoais. Fica a impressão que tenham sido orientados a agir assim. 

Os computadores estavam protegidos por senha e não havia nenhuma documentação de caixa ou bancária, fatos que serão comunicados ao juiz, pois descumprem a decisão judicial, uma vez que a ausência desse instrumental inviabiliza o Tesoureiro de cumprir a sua missão. De qualquer modo, foi emitida a passagem em favor do pastor Ivan Bastos, que, amanhã, viajará para São Paulo para participar da reunião da Mesa Diretora.

A única nota dissonante foi que os funcionários da Secretaria, por orientação do Secretário-Adjunto, não quiseram protocolar a Representação do convencional Cláudio Dias, na qual alega ações de prevaricação do presidente da Mesa Diretora, pastor José Wellington Bezerra da Costa. Mas segundo informações ela será reapresentada em hora oportuna.

Quem sabe a partir de agora os diretores da CGADB optem pelo caminho da paz? De qualquer modo, o Tesoureiro tem uma tarefa hercúlea pela frente: tirar o jabuti da árvore.

Veja o despacho da justiça amazonense:

Fonte: blog do Pr Geremias do Couto geremiasdocouto.blogspot.com

Nenhum comentário :

Postar um comentário