segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Perdemos mais tempo sonhando e planejando que buscando (By Pr Gesiel de Souza Oliveira)


O difícil mesmo é quebrar a inércia, sair do comodismo de uma vida insossa e cinzenta. O que vem depois acontece com mais facilidade. Começamos e paramos constantemente, pois invertemos a ordem de prioridades. Perdemos mais tempo sonhando e planejando que buscando. Não somos capazes de nos lembrar do jantar com esposa, da programação teatral na escola do filho, da data do aniversário da nossa mãe, de nossos compromissos com a nossa família, mas não esquecemos de nenhum detalhe que envolva dinheiro, trabalho e outras trivialidades que nos desnorteiam de nossas metas.Perdemos muito tempo fazendo o dispensável e deixando pra depois o indispensável. É um engano ficarmos esperando que as coisas mudem sem que nossas atitudes mudem primeiro. Na vontade de alcançar o inalcançável sem esquecer do imprescindível, atendendo o dispensável e focado no improvável, prossiga. Nas nostálgicas sinfonias silogísticas da inenarrável miscelânea sensitiva do que deveria ter ficado atrelado ao pretérito e não ficou, siga. Mesmo em um misto de fatigante passado, irresoluto presente e impresumível futuro, avance.

Nenhum comentário :

Postar um comentário