domingo, 5 de janeiro de 2014

O grupo porta dos fundos e a propagação do estereótipo do “humor negro” anticristão. (Por Gesiel Oliveira)



  O que temos visto nas últimas décadas é um crescimento quantitativo dos evangélicos, mas em termos de expressão cultural, representação e respeito, uma verdadeira estagnação, e em determinados pontos, um retrocesso. Enquanto a grande mídia vem servindo como plataforma para propalar os ideais do liberalismo anticristão, um processo ganha força a cada dia em forma de piadas, novelas, minisséries, representações na mídia e redes sociais: o “estereótipo do evangélico incauto, alienado e sem expressão social”. É comum vermos grupos que lutam contra a causa cristã se referindo a evangélicos, como fanáticos, alienados ou insensatos. Usam a capciosidade pretensamente “hilária” do humor negro, para ridicularizar e aviltar a fé cristã em todas as suas formas. 

  Inicialmente um grupo de humoristas desta estirpe, que tem um “voogler” no canal no Youtube chamado de “Porta dos fundos”, começou ironizando situações do dia dia, criando personagens, e fazendo paródia de situações da TV. Depois passaram a ironizar as posições doutrinárias, principiológica e morais da igreja evangélica e cristãos. E foi aí que perceberam que esta formatação utilizada por eles, despertava nas pessoas os sentimentos mais sórdidos de preconceito, desrespeito, humilhação e um “pseudo sentimento de superioridade intelectual”, além de verificarem que essa era a fórmula para catapultar as visualizações do malogrado canal, e foram mais longe. Longe demais, a ponto de sair do humor negro e partirem para a alçada dos crimes, escamoteados pela capa do humor, desrespeitando vários artigos do Código Penal Brasil, em seu Título V, que individualiza os chamados “crimes contra o sentimento religioso”, especialmente o que está positivado no art. 208 que assim determina: “Art. 208 - Escarnecer de alguém publicamente, por motivo de crença ou função religiosa; impedir ou perturbar cerimônia ou prática de culto religioso; vilipendiar publicamente ato ou objeto de culto religioso: Pena - detenção, de um mês a um ano, ou multa.”

  Mas o que está por detrás de tudo isso? Por detrás de tudo isso há uma esquerda ultra-liberal, que tem tomado os nichos intelectualizados da cultura, universidades e meios de comunicação, especialmente os da grande mídia e redes sociais. Essa ideia tem se robustecida, insuflada pelo fortalecimento de grupos contrários à fé, princípios e família cristã. Esses estereótipos, criados pelo achincalhamento promovido pelo grupo “Porta dos fundos”, não podem continuar promovendo essa verdadeira campanha de ridicularização e desordem do que temos de mais sagrados, que são nossos dogmas e crenças religiosas e cristãs. Dentre os diversos vídeos que este grupo já produziu, os que mais se destacam em termos de visualizações, são os de ataques aos cristãos, sua fé, crenças e os que afetam os seus princípios. Por isso resolveram investir pesado nessa nova linha: o achincalhamento religioso. Diversos deles zombam e ridicularizam abertamente do Cristianismo sem nenhum tipo de fiscalização por parte dos órgãos de responsáveis (MP, Delegacias especializadas, etc). Mas quando o vídeo do Pr Silas Malafaia foi ao ar, no programa Vitória em Cristo, criticando a postura de um grupo de homossexuais que desrespeitou a fé cristã, durante a visita do papa ao Brasil, ele foi imediatamente processado e uma representação foi apresentada contra ele no Conselho Federal de Psicologia, tentando cassar seu registro. 

  A linha entre o aceitável e o inaceitável, entre o lícito e o ilícito, foi rompida e desgarrados os infringentes não conhecem limites. Quando a democracia passa a ter ares de anarquia, fatos como esses passam a ser ignorados, reforçando ainda mais o acinte à fé, símbolos e princípios cristãos. Basta lembrarmo-nos do show de horrores que aconteceu durante a “marcha das vadias” no Rio de Janeiro, que propositalmente ocorreu durante a visita do papa ao Brasil na Jornada Mundial da Juventude da Igreja Católica. Quem não se lembra dos dois jovens iconoclastas, que, tentando se esconder diante do ato extremo que cometeram, mascararam-se, e seminus, quebraram imagens de santos católicos, e não satisfeitos, realizaram os piores abusos escarnecedores e ignomínicos que se tem notícia com imagens de santos católicos, escarnecendo e desrespeitando a fé cristã católica, chegando a introduzirem um Crucifixo no ânus com gestos lascivos, impudicos e bárbaros, tudo diante de uma plateia catatônica, que inerte permaneceu diante da cena diabólica, imoral e de extrema perversão, limitando-se a tapar os olhos das muitas crianças que ali estavam esperando ver o papa, e acabaram vendo o lado mais vil, baixo, abjeto e nauseabundo desse movimento, que luta por direitos sem respeitar os dos outros. E diante de tudo isso nada foi feito para corrigir aquele desrespeito escancarado à fé cristã (Leia a matéria completa AQUI)
  
  O mais recente vídeo do grupo “porta dos fundos” é o "ESPECIAL DE NATAL" é também o mais desrespeitoso, mostrando que agora a “porteira ilimitada e escarnecedora” se abriu, sem que ninguém os impedissem (assista na íntegra AQUI). Nesse vídeo, trechos e passagens como o nascimento e a crucificação de Cristo são retratados de modo desrespeitoso, imoral, com linguajar inapropriado e carregado de palavrões. No vídeo veem-se expressões como: (1)"O cara é Deus. Se ele quisesse ele te engravidava” [personagem que representa o anjo Gabriel falando com o personagem que representa José] (02’:11”). (2)"Querido, relaxa, que o pessoal acredita em qualquer coisa... vai por mim” [personagem que representa Deus falando com o personagem que representa José] (02’:34”). (3) No contexto do vídeo da crucificação, o soldado que vai crucificar Cristo diz: "Olha só Jesus, eu tô perdendo a minha paciência com você. Tá aqui me dando o maior trabalho. Cê acha que eu sô o quê, suas nêga?"(SIC!). (4) "Mas a Maria não é mais virg... Xiiiiiii! José! o Gabriel (anjo) tá falando, que falta de educação!"(1':10"), [no vídeo da gravidez de Maria, personagem que representa o anjo Gabriel falando com a personagem que representa Maria]. (5) “Isso aqui não é exatamente mirra, engole, engole Baltazar” (06’:06”), [no Vídeo dos 3 magos, passando a ideia de que um dos magos havia levado "drogas" para presentear Jesus], dentre tantas outras cenas depreciativas, escarnecedoras e desrespeitadoras. É esse lixo de produção que eles resolveram chamar de arte.

  Há uma grande discrepância entre os dois movimentos. Os cristãos são passivos, já os grupos contrários aos princípios cristãos são impulsionados pelo enfrentamento e desrespeito. Enquanto o primeiro grupo é estereotipado com “antiquado”, o segundo é catapultado como “moderno”. Há um processo planejado de desconstituição da cultura cristã, processo inicialmente sorrateiro e hoje escancarado, carregado de discursos implícitos que potencializam o desvirtuamento de qualquer conduta que vá de encontro a eles. Por outro lado há uma maximização do comportamento contrário aos cristãos, que na maioria das vezes chega a ter caráter apelativo.  Um açodado e impositivo processo de massificação da cultura da mudança, da inversão de valores da heteronormatividade, dos fundamentos da família natural e da naturalização do incomum. Não podemos nos calar, nem nos acovardarmos diante desse acinte à fé cristã, à família e seus princípios. Há momento para orar, mas há também o momento de agir. Eles querem nos aviltar, mas tomaram o pior caminho, o da radicalização desrespeitosa e criminosa, escondida atrás da covarde capa do humor negro.


Gesiel de Souza Oliveira 
Geógrafo
Twitter: @PrGesiel_
Face: Gesiel Oliveira 
e-mail: gesiel.oliveira78@gmail.com





Um comentário :

  1. Graça e paz do Senhor Jesus, irmão e Pastor Gesiel!

    Estou ajudando a divulgar pela web o Abaixo-assinado. Copiei o trecho que encontrei em um blog de um outro irmão que sigo no Twitter, um irmão idôneo na sua fé e no seu modo de viver o cristianismo. Resolvi divulgar com o exato texto que ele inseriu no blog dele, e segue abaixo:

    Desrespeito a Fé Cristã : você pode ficar só olhando, ou nos ajudar a defendê-la.

    O "Porta dos Fundos", grupo conhecido pela produção de vídeos no Youtube, está promovendo, sistematicamente, uma verdadeira intolerância a Fé Cristã. Dentre os diversos vídeos que o grupo já produziu, diversos deles zombam e ridicularizam o Cristianismo. O mais recente deles é o "ESPECIAL DE NATAL". Nele, trechos e passagens como o nascimento e a crucificação de Cristo são retratados de modo desrespeitoso.

    O link do vídeo "Especial de Natal" no YouTube é este aqui https://www.youtube.com/watch?v=2VEI_tn090c

    A psicóloga Marisa lobo, juntamente com a advogada Damares, protocolaram junto ao Ministério Público uma representação contra a produtora responsável pelos vídeos. Um abaixo-assinado foi criado na internet repudiando não só o vídeo "ESPECIAL DE NATAL", mas também todos os outros que agridem, de certa forma, a religião Cristã.

    É importante que você assine, pois as assinaturas serão juntadas à representação feita ao Ministério Público. O link está aqui

    http://www.peticaopublica.com.br/pview.aspx?pi=BR67101


    Importante alertar que frases de efeito como "Deus vai cobrar; de Deus é a vingança; vão se ver com Deus ..." , não ajudam em nada nessa situação.

    O Código Penal brasileiro prevê punição para aqueles que agridem ou desrespeitam atos de fé e símbolos religiosos : "(...) vilipendiar publicamente ato ou objeto de culto religioso: Pena - detenção, de um mês a um ano, ou multa ", art 208 do Código Penal.

    Exerça sua cidadania, exija respeito a sua fé. Divulgue este texto nas redes sociais.

    Se puder, se quiser vir conosco na defesa da nossa fé cristã, acesse o link da Petição Pública, leia e assine, colocando seus dados completos como são pedidos lá. Depois, por email você vai receber uma notificação para você confirmar a sua assinatura, por favor, é só clicar no link do email (o 2º link) ou copiar o 2º link e colar no seu navegador, e aguardar aparecer a mensagem de que a sua assinatura está confirmada. Precisamos desta força, pois juntos podemos mais. Pode enviar este texto com o link por email aos seus contatos se puder, e postar em seus perfis nas redes sociais.

    Em Cristo,

    Claudia Paiva

    Obs,: Resolvi vir aqui para seguir o blog do irmão, e como estou ajudando a divulgar o Abaixo-Assinado, copiei o texto que um idôneo irmão escreveu no blog dele e vim colocar aqui, para que você, os seus familiares, e todos os cristãos que você conhece além dos que vê aqui ler o seu blog possam ler, tomar ciência da importância de se assinar e ajudar no combate ao desrespeito à nossa fé.

    ResponderExcluir