sábado, 31 de agosto de 2013

Ex-tesoureiro Josias de Almeida Silva entra na justiça em SP, contra CGADB, para tentar voltar ao cargo.

Como forma de tentar ludibriar o Judiciário Paulista, o Pr. Josias Almeida da Silva ingressou com um Mandado de Segurança (Processo nº 1063051-08.2013.8.26.0100) em face do Pr. José Wellington Bezerra da Costa, com o intuito de ser empossado diretamente ao cargo de Primeiro Tesoureiro, em razão de ter sido o segundo mais votado para o citado cargo no último pleito realizado na cidade de Brasília.

A medida judicial impetrada pelo Pr. Josias Almeida omite claramente que já existe uma decisão do Judiciário Amazonense, anulando a suspensão aplicada ao Pr Ivan Pereira Bastos e o reintegra no cargo de Primeiro Tesoureiro da CGADB e proíbe a realização da 6º AGE, portanto fica claramente evidenciada a manobra leviana de querer a todo custo um cargo que não e seu.

Na análise dos autos do Mandado de Segurança, chamou a atenção um documento fornecido pela CGADB no qual atesta que o Pr. Josias Almeida permaneceu até 26 de junho na condição de Gestor Financeiro, embora tenha perdido a eleição realizada na AGO em abril e o Primeiro Tesoureiro, Pr Ivan Bastos, estivesse no pleno exercício do cargo para o qual fora eleito. Ressaltando que ainda que houvesse algum impedimento por parte do Pr Ivan Bastos; o que não havia, quem teria que assumir a gestão financeira da instituição seria o Segundo Tesoureiro, Pr Alvaro Sanches, mas jamais o tesoureiro com mandato vencido.

Veja a peça vestibular ingressada em na Comarca de São Paulo:






Apesar do documento juntado atestar que tal atribuição ocorreu por deliberação da Mesa Diretora, o Pr. Jonas Francisco de Paula, na condição de 5° Secretário, desconhece que tal decisão tenha sido deliberada pelo órgão diretor.



Nenhum comentário :

Postar um comentário